::::::::::::::::Ana Maria Costa:::::::::
Miniconto

Havia, naquela manhã, um alvoroço suspeito a sobrevoar o céu.

Eram bandos de pássaros!

Maria levantara o rosto. As cearas de trigo moviam no vento cores doiradas a sobrevoar o céu com os pássaros- e seus olhos, tão perto de lá, vidraram girassóis.

Havia também pombas e pombos pousados no chão, ali, perto dela. Alimentou-os com pão que tirou da sua bolsa de pano colorido. E. depois, enxotou-os da sua beira.

Eram pássaros, permaneceriam eles iguais se pensássemos neles sendo flores?

Os pássaros passavam. As pombas passavam. Como ela passava nos dias!

Há dias que são só manhãs! Antecede-se a noite dormida!, tinha decidido levantar-se assim que a aurora surgisse no reflexo da sua janela.

Há noites durante o dia!

Aprontou-se.

Beijou o marido e o filho. Saiu a caminho da Igreja.

Já no banco da igreja, a sua serenidade estampada em todo o seu ser, despertava as estátuas do suspenso sono eterno, algumas choraram. Mas Maria abstraíra daquele momento qualquer pluralismo, ao considerar a fé ser um estar individual e de momentos ímpares.

Quando saiu da igreja foi ao café e pediu um chá de camomila, em casa bebeu a infusão de passiflora. Depois caminhou até à estação do comboio.

A manhã— húmus formado do corpo da noite— azulava timidamente, mas a natureza já surgia opaca ao sol. 

Havia, naquela manhã, um alvoroço suspeito a sobrevoar o céu. Era Maria? Eram pássaros! Circulavam em demanda o fio que o céu lhes reservara para cantos solenes.

Pensou!  -  No céu, quem o habita?, entende a mudança da cor nas estrelas e na lua.  O interior. O treme sol.

Chamava-se Maria.

Maria!

Seu filho chama!

Seu filho chama—Mãe.

Chamava-se Maria! Tinha um campo de cereais no cérebro que moviam no vento cores doiradas. Lábios secos.  Fé.

Nos olhos, manhãs. Girassóis nos olhos. 

Mãe.

 

A.fe

2015.08.21

 
 
 
 
 

Ana Maria (Gomes da Silva Soares da) Costa. Nasceu a 17 de Março de 1966 na Freguesia de Vila Nova da Telha do concelho da Maia. Oriunda de uma família simples e humilde é a mais nova de quatro irmãs e seis irmãos.

Vive na histórica Vila de Águas Santas - Maia e nos momentos de reflexão rega os seus pensamentos nas margens do Rio Leça, nas calçadas cansadas e das pedras antigas da sua freguesia.

Uma das suas actividades profissionais é na empresa Modelo Continente Hipermercados, SA, onde exerce funções de administrativa nos Serviços Financeiros da Sonae Distribuição nos escritórios de Vila Nova de Gaia.

Está a frequentar o curso Ciências da Linguagem na Universidade do Porto, Faculdade de Letras do Porto.

Detentora da patente cultural AMANTEDASLEITURAS é a fundadora e presidente da comunidade internacional de Literatura com o mesmo nome, no yahoo, na internet. Na sua composição constam membros brasileiros, argentinos, peruanos e em maior número portugueses. A divulgação destes escritores e das suas obras é um objectivo primordial desta fundação.

AMANTEDASLEITURAS é também uma comunidade da RTP: http://www.rtp.pt/wportal/entretenimento/comunidadesrtp/comunidade.php?id=1088 .

Ainda na Internet detém blogs de grande afluência: http://ana-maria-costa.blogspot.com , http://amantedasleituras.blogspot.com e http://blogsdalista.blogspot.com sobre este tema é contactada para dar uma entrevista no programa da televisão privada AXN, Reportagem 2, (estúdios TAKE 5). O mesmo acontece mais tarde quando a publicação do seu livro de pensamentos e poesias Nascido Tarde desta vez pela televisão Região Norte, RNTV.

É a responsável pela livraria virtual Amante das Leituras, www.livrariaamantedasleituras.com . Produções Amante das Leituras é sua mais recente aposta como promotora de eventos culturais.

 

 

 

 




 



hospedagem
Cyberdesigner:
Magno Urbano